novo

Passeios Culturais e Turísticos

Passeio Cultural à Conservatória com Hospedagem no Hotel Vilarejo

Data de Embarque: dia 29 de julho (sexta-feira) às 13 horas

Local: Centro do Rio

Data de Retorno: Dia 31 de julho (domingo) às 15 horas

Desembarque: Mesmo local de Embarque

principal

Hotel-Fazenda-Vilarejo-photo410693-21

Aconchegue-se em Conservatória se você está em busca de tranquilidade, belezas naturais, clima ameno, conforto e música (muita música!). Há quem a trate como cidade, mas ela é um distrito da cidade de Valença (RJ) e pertence à Região do Vale do Ciclo do Café. Conservatória é considerada um polo cultural, histórico e turístico do Estado do Rio de Janeiro.

Tudo no lugar lembra as serestas e as serenatas – charme local e tradição mantida por mais de 60 anos. As noites de sexta, sábado (durante o dia também) e as manhãs de domingo são embaladas por músicos e turistas que recitam poemas e entoam cantigas de amor pelas ruas.

Incluído no Passeio:

  • Viagem de ida e volta em ônibus com ar condicionado, toalete, microfone e água gelada.

  • Acompanhamento por Guia Turístico e dois Profissionais.

  • Hospedagem em apto. Individual/casal com ar condicionado, TV e frigobar, no Hotel Fazenda Vilarejo Duas diárias com pensão completa (café da manhã, almoço, jantar e lanche). Bebidas incluídas.As despesas com frigobar no apartamento, são por conta do hóspede.

  • Jantar de sábado será substituído por uma festa temática.

  • Petiscos e tira-gostos variados na piscina das 11h00 às 14:00 h;

  • Bebidas como: refrigerantes, cervejas, sucos, vinhos, caipirinhas, coquetéis, licores e drinks (bebidas nacionais)

  • Incluídos no American Bar, Piscina e Restaurante;

  • Visitações à Fazenda, Cachaçaria e Pesqueiro.

  • Área de lazer com Campo de Futebol Society, Piscina, Piscina Térmica, Sauna, Sala de Ginástica, Cinema, Quadra Poliesportiva Coberta, Quadra de Tênis e Vôlei de areia.

  • Eventos musicais para todos os gostos (MPB, Seresta e Chorinho).

  • Opcionais: Pedalinhos/Bicicletas/Passeios de cavalos e charretes/Bebidas importadas/Pesque e pague/Produtos da Cachaçaria/Produtos da Casa Velha/Tirolesa.

  • Visitação à Casa de Cultura.

  • Visitação ao Museu da Seresta

  • Museu Silvio Caldas, Gilberto Alves, Guilherme de Brito e Nelson Gonçalves

  • Serenoite – Das 21 às 23 horas

  • Serenata ao Luar – A partir das 23 horas

  • Solarata, uma serenata durante o dia, é realizada todo domingo de 10h30m até 12h na Travessa Geralda Fonseca.

Custos: Individual= R$ 2.395,00 – Duplo/Casal = R$ 3.388,00.   À vista, 10% de desconto!

Desistência ou Cancelamento: Caso a desistência/cancelamento ocorra em até 08(oito) dias antes do início da viagem, NÃO será cobrada a multa de 10% (dez por cento).

Informações: Regina Lima – Tel. (21) 2780-2055 – [email protected] Cel. (21) 98549-1269 (OI) /98197-6313 (TIM)/99478-9991 (CLARO)

Opcional: Podemos oferecer um serviço de traslado, através de Vans que irá buscar os passageiros em suas residências, transportando-os até o local de de embarque. O mesmo serviço poderá ser contratado para ser realizado, por ocasião do desembarque, a ser pago direto ao motorista. O custo será informado ao Passageiro até 08 dias antes do embarque.

Realização:

Logo CC_jpg

 

 

 

 

ROTA DA CERVEJA – 1ª Etapa – Teresópolis

cervejeiros_deusadacerveja

Data: 30 e 31 de julho de 2016 (sábado e domingo)

Partida: 09:00 horas

Embarque: Em locais à combinar.

Retorno: às 15:00 horas, ao mesmo lugar de Embarque.

IMG_7186-1024x682

Entrada do Bel-Air Hotel

Hospedagem: Bel Air Hotel **** – Com excelente localização e fácil acesso aos principais atrativos turísticos de Teresópolis o Bel-Air Hotel oferece aos seus hóspedes o privilégio de contar com conforto e praticidade na medida certa, além de reconhecida tradição em serviços de qualidade.

Estar cercado pelo verde da mata atlântica, possuir uma das mais belas vistas de Teresópolis, sua proximidade aos principais atrativos turísticos da cidade, como CBF, Feirinha de Artesanato, Dedo de Deus e Parque Nacional, já são motivos suficientes para tornar o Hotel Bel-Air uma das melhores opções de hospedagem da cidade.

Rota Cervejeira – Composta pelos municípios de Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu, Santa Maria Madalena e Guapimirim, o circuito Serra Verde Imperial atrai turistas de todo país e diversos lugares do mundo por suas belezas naturais, história e aventuras. O circuito turístico possui a maior concentração de fabricantes de cervejas do país, tanto grandes marcas quanto fabricantes artesanais.

A 1ª Etapa será em Teresópolis, onde no sábado dia 7, visitaremos a Vila St Gallen, um charmoso espaço de degustação e harmonização em Teresópolis, que atrai cervejeiros e amantes da gastronomia. As cervejas especiais da marca Therezópolis e os chopes artesanais são destaques entre os vários ambientes gastronômicos que a Vila oferece.

O espaço conta com três restaurantes, o Bistrô 1912, o Harlekin Pub e a Abadia Anno 613 que fazem parte de um vilarejo, onde o público encontra um pequeno comércio com loja de souvenir, sorveteria e até réplica de uma capela germânica. Há também cursos de teoria e prática, com um dia de duração, com certificação para Cervejeiro Artesanal e visita guiada sobre origem da cerveja e o processo de produção da bebida ancestral.

No domingo, visitaremos o Grupo Petrópolis, cuja fábrica em Teresópolis, produz as cervejas especiais Black Princess, Petra e a alemã Weltenburger, cerveja de mosteiro mais antiga do mundo. A novidade em Teresópolis fica por conta da instalação de uma nova linha de envase exclusiva para a cerveja premium Miller Genuine Draft.

avila-02

As fábricas de Petrópolis e Teresópolis estão abertas aos visitantes por meio de agendamento, com visitação gratuita. Os turistas poderão ver todo processo de fabricação de diversos estilos de cervejas, passando pela sala de brassagem, fermentação e maturação, além das linhas de envase.

cervejaria-grupopetropolis_garrafas2

Incluído no Passeio:

  • Viagem de ida e volta em ônibus com ar condicionado, toalete, microfone e água gelada.

  • Acompanhamento por dois Profissionais, sendo um Guia de Turismo com registro no Ministério do Turismo.

  • Visitação as duas Cervejeiras de Teresópolis, com degustação das cervejas.

  • Hospedagem em Hotel 4 estrelas, apto. Individual/casal com ar condicionado, TV e frigobar, no – Uma diária, com jantar incluído (café da manhã e jantar no sábado). Bebidas incluídas. As despesas com frigobar no apartamento, são por conta do hóspede. Retorno às 15:00 horas.

Custos:  Individual= R$ 870,00 – Duplo/Casal = R$ 1.150,00.

À vista, 10% de Desconto!

Desistência ou Cancelamento: Caso a desistência/cancelamento ocorra em até 08(oito) dias antes do início da viagem, NÃO será cobrada a multa de 10% (dez por cento).

Informações: Regina Lima – Tel. (21) 2780-2055 – [email protected] Cel. (21) 98549-1269 (OI) /98197-6313 (TIM)/99478-9991 (CLARO)

Realização:
Logo CC_jpg

 

 

 

Passeio à Petrópolis, com visitação ao Trono de Fátima e Visita cultural aos Museus Casa de Santos Dumont e Imperial, incluindo os espetáculos “Um Sarau Imperial” e “Som e Luz”

Data:23 de julho de 2016 (sábado)

Hora: 09:00 horas

Embarque: Local à combinar!

Retorno: No mesmo dia, à noite. 

Hora: 21:00 horas, retornando aos mesmos locais de embarque.

museu_imperial_fachada_diurna_37

trono-de-fatima-pedacinho

O objetivo desta proposta de passeio à Petrópolis é proporcionar aos passageiros a oportunidade de vivenciar alguns trechos da história do Brasil, contados por artistas em dois espetáculos: “Um Sarau Imperial” e “Luz e Som”.

Porém, antes de chegar ao Museu Imperial, vamos visitar o Trono de Fátima, inaugurado em 1947. Lá, vamos ter a oportunidade de ter um momento especial e íntimo com Nossa Senhora de Fátima. Vamos agradecer as graças recebidas. Quem tiver necessidade de fazer algum pedido, esse também é o momento.

1) O Trono de Fátima: 12:00 horas

O Trono de Fátima foi inaugurado em 12 de Outubro de 1947. O idealizador da obra foi o Frei José Pedreira de Castro, que conseguiu levantar o monumento à Virgem mediante donativos populares, festas religiosas, promoções, num trabalho que movimentou toda a comunidade católica de Petrópolis. O projeto arquitetônico é de Heitor da Silva Costa, que tem como sua obra mais famosa o Cristo Redentor do Rio de Janeiro. A imagem de N.S. de Fátima foi esculpida em Pietrasanta, na Itália, pelo escultor Enrico Arrighini. Em mármore branco estatuário, sem veias e sem jaça. Em um plano circular, N. S. é envolvida por sete colunas que representam os dons do Espírito Santo. A forma da rotunda é em estilo clássico, inspirado no Pânteon de Agripa, em Roma. Sob o monumento, uma cripta de 10 metros de diâmetro abriga uma capela onde ocorrem missas no dia 13 de cada mês em homenagem à Santa. O Trono de Fátima também reserva um espaço para aqueles que buscam a cura e a solução de problemas: a Sala dos Milagres. Lá os fiéis depositam partes do corpo humano em cera, acendem velas e rezam para terem seus pedidos atendidos. Os turistas também contam com uma lanchonete e uma loja de artesanato e produtos religiosos.

restaurante-paladar

2) Almoço: Restaurante O Paladar – 13:00 horas

Encontra-se instalado em um belíssimo casarão construído no século XIX, apenas a cinquenta metros da Casa Santos Dumont e da Praça Quatorze Bis, tombado pelo IPHAN há mais de vinte anos. Possui magnífica arquitetura com capacidade para mais de 200 lugares, dividido em dois andares, assim distribuídos: 1º. piso – 120 lugares e 2º. piso – 80. Ambos possuem uma linda vista para a “Praça da Liberdade”, um dos principais atrativos turísticos de nossa cidade.

Com treze anos atuando no mercado gastronômico em Petrópolis, podemos garantir total exclusividade e privacidade ao grupo confiado aos nossos serviços.

Como nosso público alvo são os visitantes em nossa cidade, é importante salientar que o nosso estabelecimento não funciona às segundas-feiras, uma vez que nesse dia não há movimento turístico no Município de Petrópolis.

Petropolis-CasaSantosDumont

3) Museu Casa de Santos Dumont – 15:00 horas

Foi residência de verão de Alberto Santos Dumont, Pai da Aviação, sendo conhecida como “A Encantada. O museu conta com acervo de objetos, livros, cartas e mobiliário, bem como o chuveiro e a escada de entrada, com degraus em forma de raquete, que só se pode acessar começando com o pé direito. No Centro Cultural 14 bis, anexo à Casa, pode-se assistir a um curta metragem sobre Santos Dumont. O espaço tem acessibilidade e maquetes táteis para visitantes com necessidades especiais.

museu-imperial

4) Museu Imperial

4.1) Visita ao Acervo: 16:00 horas

O Museu Imperial funciona no antigo Palácio Imperial de Petrópolis, residência de verão de d. Pedro II e apontado pelo imperador em diários como um de seus locais preferidos. Aqui, o público pode encontrar um pouco sobre a história do Império brasileiro e sobre a família imperial. O acervo, que conta com peças emblemáticas, como a famosa coroa do imperador, é distribuído por cômodos que reconstroem o cotidiano da família em Petrópolis e apresentam aspectos culturais, políticos, sociais e econômicos do Brasil no século XIX.

Possui ainda um dos mais importantes arquivos históricos do Brasil; seu Arquivo Histórico conta com mais de 200 mil documentos, gravuras, mapas e fotografias. A Biblioteca do Museu, especializada em história brasileira dos séculos XVIII e XIX, conta com mais de 50 mil volumes, com 8 mil obras raras.

Acervo: esculturas, pinturas, azulejaria, painéis, livros, periódicos, arte sacra, documentos, murais, vitrais, jóias, luminária, objetos de porcelana, mobiliário, utensílios, livros raros, tapeçaria, fotografia, fonográfico, vestuário e acessórios, armaria, numismática.

4.2) Espetáculos

a) Um Sarau Imperial – 18:30 horas

Dramatização interativa de uma atividade típica de lazer do século XIX. Embalado por modinhas imperiais cantadas por uma soprano e acompanhadas por um pianista,o público assiste e participacom canções,declamação de poesias e conversas sobre assuntos sociais, econômicos, políticos e culturais da época, retirados da correspondência particular da família imperial. Conta com as personagens históricas princesa Isabel (Andréa Dutra); condessa de Barral (Vânia Moreira); baronesa de Loreto (Flávia Miranda); Isidoro Bevilacqua, professor de piano da princesa Isabel (Rodrigo d’Avila); e Adelaide Taunay (Maria Claudia Paladino – soprano).

b) Luz e Som – 20:00 horas

O espetáculo oferece a oportunidade de conhecer importantes momentos da história do Brasil. Trata-se de uma superprodução que utiliza efeitos especiais de iluminação, sonorização e cenografia para mostrar, com especial emoção, fatos marcantes da segunda metade do Século XIX vividos pela Família Imperial brasileira.

Quem nunca pensou em voltar no tempo? O Som e Luz Museu Imperial oferece esta oportunidade ao reviver alguns dos mais importantes momentos do segundo reinado no Brasil. Trata-se de uma superprodução que utiliza efeitos especiais de iluminação e sonorização para reviver a história de d. Pedro II.

A viagem começa no dia do baile das princesas, quando as irmãs Isabel (Mika Lins) e Leopoldina são apresentadas a seus futuros maridos: o conde d’Eu e o duque de Saxe. Toda a corte está subindo a serra para comparecer ao evento. Você vai ouvir o cocheiro convidá-lo para embarcar na carruagem que leva os convidados para o palácio imperial. Seus acompanhantes são ninguém menos do que o marquês de Caxias – futuro duque de Caxias, interpretado por Cláudio Mamberti, num de seus últimos papéis – e o barão do Bom Retiro (Sérgio Mamberti), amigo pessoal de d. Pedro II.

Enquanto a narração em off – na voz de Paulo Autran – guia os espectadores pelo jardim do atual Museu (simulando o trajeto de subida da serra), a iluminação cenográfica complementa a magia do espetáculo. De frente para a fachada do prédio, uma das principais surpresas do espetáculo: o palácio está iluminado e pronto para a festa, como há 150 anos. Inclusive, é possível ver, através das janelas, as silhuetas de d. Pedro II (Odilon Wagner foi o ator convidado para interpretar o personagem) e seus convidados. Estão todos lá: a família imperial e a corte brasileira.

Mas como a viagem apenas começou, o Som e Luz Museu Imperial prepara outra surpresa: uma cortina d’água – posicionada estrategicamente no lado oposto à fachada do palácio – torna-se a tela em que são projetadas cenas do filme que complementa o show. Será possível acompanhar a fofoca das convidadas sobre a dança da princesa Isabel com André Rebouças, um negro que frequentava os salões da família imperial.

O espetáculo ainda reserva espaço para contar sobre a Guerra do Paraguai, a assinatura da Lei Áurea e termina com a chegada da República. Em 45 minutos, a noite de Petrópolis é iluminada pelos efeitos especiais que permitem oferecer uma das mais inesquecíveis e emocionantes aulas de história brasileira.

Pela Primeira Vez No Brasil, Um Espetáculo Que Reúne Cores, Luzes, Sombras, Tecnologia E Efeitos Especiais. Um show vibrante, que conta Os fatos mais marcantes da nossa história de uma maneira como você nunca imaginou ver e nem Ouvir. Venha ver de perto essa história.

A exemplo dos grandes espetáculos nas pirâmides do Egito e no Partenon da Grécia, o Museu Imperial, em Petrópolis, no Rio de Janeiro, é palco do maior espetáculo permanente de som e luz jamais realizado no Brasil. Um show que conta os fatos marcantes do século XIX e da história imperial brasileira. Um evento a que você não pode deixar de assistir.

Incluído no Passeio:

  • Viagem de ida e volta em ônibus com ar-condicionado, toalete, microfone e água gelada.

  • Custo da Van para subida ao Trono de Fátima

  • Almoço no restaurante O Paladar (refeição + 1 refrigerante ou suco/água)

  • Ingresso para Museu Casa de Santos Dumont

  • Ingressos para Museu Imperial e os dois Espetáculos.

  • Acompanhamento por dois Profissionais, sendo um Guia de Turismo com registro no Ministério do Turismo.

Custo por pessoa: R$ 250,00

Informações:

Regina Lima – Tel. (21) 2780-2055

Celulares: (21) 98549-1269 (OI) /98197-6313 (TIM)/99478-9991 (CLARO)

www.camaradecultura.org[email protected]  

Realização:

assinatura_jpg

 

 

Passeio cultural ao Centro do Rio,com visitação a nova área portuária, incluindo os Museus de Arte do Rio e do Amanhã, inaugurado recentemente.

Museu de Arte do Rio.

Museu de Arte do Rio.

Data: 30 de julho de 2016 – Hora: 10:00 horas

Local de Partida: à combinar

Retorno: ao mesmo local de embarque.  Hora: 19:00 horas, 

O Museu de Arte do Rio promove uma leitura transversal da história da cidade, seu tecido social, sua vida simbólica, conflitos, contradições, desafios e expectativas sociais. Suas exposições unem dimensões históricas e contemporâneas da arte por meio de mostras de longa e curta duração, de âmbito nacional e internacional. O museu surge também com a missão de inscrever a arte no ensino público, por meio da Escola do Olhar.O MAR está instalado na Praça Mauá, em dois prédios de perfis heterogêneos e interligados: o Palacete Dom João VI, tombado e eclético, e o edifício vizinho, de estilo modernista – originalmente um terminal rodoviário. O antigo palacete abriga as salas de exposição do museu.O prédio vizinho é o espaço da Escola do Olhar, que é um ambiente para produção e provocação de experiências, coletivas e pessoais, com foco principal na formação de educadores da rede pública de ensino.

Museu de Arte do Rio.

Museu de Arte do Rio.

Programação: Visitação às exposições do mês.

 

Museu do Amanhã.

Museu do Amanhã.

O Museu do Amanhã, construído na zona portuária, precisamente no Píer Mauá, cujo projeto é do arquiteto espanhol Santiago Calatrava. A proposta da instituição é ser um museu de artes e ciências, além de contar com mostras que alertam sobre os perigos das mudanças climáticas, da degradação ambiental e do colapso social. O edifício conta com espinhas solares que se movem ao longo da claraboia, projetada para adaptar-se às mudanças das condições ambientais. A exposição principal é majoritariamente digital e foca em ideias ao invés de objetos.

Museu do Amanhã.

Museu do Amanhã.

Programação: Visitação às exposições do mês.

  • Atividade aberta a todos os visitantes do Museu.

  • Sujeita a lotação do espaço.

Incluído no Passeio:

  • viagem de ida e volta em ônibus com ar condicionado, toalete, microfone e água gelada.

  • Almoço no restaurante do Hotel São Francisco – Das 12 às 14 horas.

  • ingressos para os dois Museus

  • Acompanhamento por dois Profissionais, sendo um Guia de Turismo com registro no Ministério do Turismo.

Custo por pessoa: R$ 220,00

Informações: Regina Lima – Tel. (21) 2780-2055 – Celulares: (21) 98549-1269 (OI) /98197-6313 (TIM)/99478-9991 (CLARO)www.camaradecultura.org[email protected]

Realização:

assinatura_jpg