novo

Agricultura Urbana: O exemplo da horta comunitária na cidade inglesa de Todmordem, artigo de Roberto Naime


Foto: Incredible Edible Todmorden.

Projeto iniciado há décadas em cidade inglesa, incentiva o plantio local para abastecer todas as famílias com grande variedade de alimentos

Em Todmordem, há um ótimo exemplo de como é possível ter sucesso na produção local de alimentos. Tudo se baseia em um conceito intitulado “Incredible Edible” (alimentos incríveis), no qual as próprias pessoas da cidade investem na produção em alimentos de vários tipos.

A cidade possui apenas 15 mil habitantes, porém os objetivos são grandiosos, a meta é alcançar a autossuficiência em 2018.

Este compromisso surgiu ainda na primeira metade do século passado, quando a Europa se viu mergulhada em uma crise geral devido às guerras mundiais que assolaram quase todos os países, inclusive o Reino Unido.

Foi neste momento que os moradores de Todmordem decidiram que a própria terra seria a responsável por prover os alimentos necessários para a comunidade local.

Com o fim da Segunda Guerra Mundial e a recuperação financeira da Inglaterra, os moradores se reuniram, aprimoraram métodos de trabalho e resolveram seguir com o modelo.

De acordo com a definição dada no site do projeto, “é um jeito diferente de olhar a vida, com ideias sustentáveis, criando oportunidades e incluindo a comunidade”.

Para que tudo funcionasse perfeitamente até hoje, o município realiza vários projetos. Um deles, e talvez o mais importante, é o incentivo às novas gerações para garantir o futuro do “Incredible Edible”.

As escolas da cidade contam com hortas onde os alunos têm as primeiras aulas de cultivo de alimentos. No ensino médio, por exemplo, este trabalho é feito através de hidroponia que permite também a criação de peixes para consumo das famílias locais.

Existem também hortas comunitárias, como os Jardins de Ervas, em áreas públicas para que qualquer morador possa realizar o cultivo voluntário e abastecer a cidade.

Neste caso, tudo que é plantado em locais indicados é de uso comum e todas as pessoas podem colher a qualquer momento.

Os moradores de Todmordem levam este conceito tão a sério que até mesmo um pequeno espaço disponível é considerado apto para o plantio.

Também vale a pena mencionar a iniciativa “Cada ovo conta” na qual um órgão municipal indica onde estão localizados os produtores de ovos, incentivando assim a criação de galinhas e garantindo que a demanda seja suprida para todos os moradores da cidade. Quem produz animais de grande porte também participa do projeto.

Dizem que quando uma ideia é boa, ela logo se espalha. Com o “Incredible Edible” não é diferente. Outras cidades de vários países têm adotado o bom exemplo dos moradores de Todmordem em seus respectivos municípios.

Para deixar tudo mais fácil, o site do projeto traz dicas para que a concepção se opere. Em qualquer lugar, com diretrizes para que o plantio ocorra com mais tranquilidade e ainda receitas de pratos que podem ser feitos com os alimentos colhidos.

Na página também é possível encontrar mapas que revelam onde estão os produtores de leite, ervas, carne e ovos, as hortas, entre vários outros pontos. Matéria original do site pensamento verde.

Referências:

http://www.pensamentoverde.com.br/sustentabilidade/cidade-britanica-incentiva-hortas-para-se-tornar-autossuficiente-na-producao-de-alimentos/

https://www.incredible-edible-todmorden.co.uk/

Agricultura Urbana: https://www.ecodebate.com.br/?s=agricultura+urbana

Dr. Roberto Naime, Colunista do Portal EcoDebate, é Doutor em Geologia Ambiental. Integrante do corpo Docente do Mestrado e Doutorado em Qualidade Ambiental da Universidade Feevale.

Sugestão de leitura: Civilização Instantânea ou Felicidade Efervescente numa Gôndola ou na Tela de um Tablet [EBook Kindle], por Roberto Naime, na Amazon.

Publicado pelo EcoDebate , ISSN 2446-9394, 31/10/2017.