A Cinematografia Brasileira na Era Nuclear – Festival Urânio em Movi(e)mento no MAM Rio de Janeiro.


De 16 a 26 de maio de 2013, no Auditório da Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro MAM.

Uranium Film Festival do Rio de Janeiro – o 3º Festival Internacional de Filmes sobre Energia Nuclear vai começar no dia 16 de Maio de 2013. Première do novo filme da baiana Laura Pires. O filme fala sobre a mineração de urânio na Bahia.

“Urânio Em Movi[e]mento, o festival de filmes internacionalmente reconhecido como Uranium Film Festival nasceu no Rio de Janeiro, no artístico bairro de Santa Teresa, em 2011. Agora a 3ª edição deste festival sobre o mundo da energia nuclear vai acontecer de 16 a 26 de maio de 2013, no Auditório da Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro MAM. E um novo filme sobre a mineração de urânio na Bahia, em Caeitité, vai estrear. O documentário é uma produção da baiana cineasta Laura Pires. Ela já foi produtora dos filmes do famoso cineasta Roberto Pires e realizou com ele duas obras-primas da cinematografia sobre a era nuclear.

“Fora do filme de Laura Pires, o festival vai estrear vários novos filmes do Japão, Estados Unidos, Austrália, Israel, Alemanha e Índia, mas a seleção final dos filmes ainda não está pronta”, diz Marcia Gomes de Oliveira, diretora executiva do festival e professora da escola técnica em audiovisual Adoplho Bloch/FAETEC .

Urânio Em Movi[e]mento é o primeiro festival de cinema no mundo que reúne ciência, tecnologia, arte e informação sobre a temática nuclear. Cineastas e documentaristas do Brasil e do exterior participam do festival enviando seus filmes sobre o complexo da produção da energia nuclear, bombas atômicas, acidentes radioativos e sobre radioatividade em geral.

A 1ª edição do Uranium Film Festival aconteceu de 16 a 28 de maio de 2011, em Santa Teresa, nos Centros Culturais Laurinda Santos Lobo e Parque das Ruínas. Ao todo foram exibidos 38 filmes dos cinco continentes, para aproximadamente mil pessoas, entre estudantes, professores, cineastas e convidados provenientes de Salvador, Goiânia, Estados Unidos, Costa Rica e África do Sul. Depois do Rio de Janeiro, o festival viajou com os filmes mais importantes para as capitais brasileiras São Paulo, Salvador, Recife, João Pessoa, Natal e Fortaleza, indo depois para Portugal, em Porto, Lisboa, Peniche e Nisa.

A 2ª edição foi reconhecida oficialmente pela Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável Rio+20 como atividade paralela da Conferência e aconteceu de 28 de junho e 14 de julho de 2012, na Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro MAM. Contou com a exibição de 54 filmes e a presença de cineastas, jornalistas e especialistas de Goiânia, Estados Unidos, Japão, Itália, Ucrânia, Alemanha. Argentina e Espanha, em meio a um público de 1.800 pessoas. As mostras itinerantes do 2º festival viajaram para Berlim, na Alemanha, e para dez importantes cidades da Índia: Nova Delhi, Shillong, Ranchi, Manipal, Hyderabad, Chennai, Pune, Thrissur, Bangalore e Mumbai.

Uranium Film Festival na Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro MAM, de 16 a 26 de Maio de 2013, Av. Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo

Maiores informações:

  • Email: [email protected]

  • Site: www.uraniumfilmfestival.org
  • Telefones: 21 2507 6704; 21 7207 6704