novo

Crudivorismo: saiba os prós e contras da dieta que virou tendência na alimentação saudável


Por Vera Mascarenhas, Gerente de Desenvolvimento Operacional da LC Restaurantes, empresa de refeições coletivas; Pós-Graduada em Gastronomia Funcional pela Famesp

A alimentação crudívora, também conhecida como crudivorismo, alimentação viva ou crua (raw food), é considerada uma dieta vegetariana por não conter alimentos de origem animal. Ela é baseada na crença de que o alimento cru é mais saudável para o organismo, pois ele possui enzimas digestivas que, além de facilitarem a digestão, aproveitam melhor os nutrientes.

A dieta inclui também grãos germinados, sementes e frutos secos. Embora a maioria dos alimentos sejam ingeridos crus, o aquecimento é aceitável, desde que a temperatura fique abaixo de 40º a 48ºC, considerada ideal para não eliminar as enzimas digestivas.

Pessoas que seguem uma dieta de alimentos crus acreditam nos diversos benefícios à saúde, incluindo:

  • Fortalecimento do sistema imunológico

  • Maior absorção dos nutrientes

  • Diminuição de crises alérgicas

  • Ganho de energia e disposição

  • Pele e cabelos mais bonitos

  • Perda de peso

  • Redução do risco de doenças como cardiovasculares, câncer, diabetes, entre outras

A dieta crudívora contém menos gorduras trans e gorduras saturadas; tem baixo teor de sódio e açúcar; e é rica em magnésio de potássio, folato, fibras, vitamina A e antioxidantes. Estas propriedades são associadas à redução de doenças e ao ganho de uma maior qualidade de vida. Um estudo publicado no Journal of Nutrition apontou que uma dieta à base de alimentos crus reduz as concentrações plasmáticas de colesterol total e triglicérides.

Entretanto, uma das principais preocupações com o crudivorismo é o risco de deficiências nutricionais, como a vitamina B12, ferro, zinco e ômega-3, os chamados “ácidos gordos”. Pessoas que seguem a dieta crudívora têm níveis mais elevados de homocisteína, um aminoácido que pode causar desordens no organismo, como hipertensão arterial e até ataque cardíaco ou derrame. O crudivorismo também diminui os níveis de colesterol HDL (o bom colesterol), devido à deficiência de vitamina B12.

Por isso, adeptos à dieta precisam da orientação de um médico especialista que deverá prescrever suplementos vitamínicos para prevenir deficiências nutricionais. O ideal para quem pretende iniciar o crudivorismo é começar com 50% de alimentos crus, e ir aumentando aos poucos. Comer uma variedade maior de alimentos também pode ajudar.

Para finalizar, indico uma receita de uma sobremesa crudívora, simples e saborosa!

Mousse Vivo de Caqui

Ingredientes

3 caquis grandes e maduros

2 colheres (sopa) cheias de sementes de linhaça

5 tâmaras sem caroço picadas

1/4 de xícara de água

Preparo

Deixe a linhaça e as tâmaras de molho na água por pelo menos 20 minutos. Bata no liquidificador junto com os caquis, até ficar homogêneo. Despeje em um recipiente médio ou em 2 taças pequenas e leve para gelar por 20 minutos ou mais. Se desejar, coloque caqui picado por cima.

Sobre a LC Restaurantes – www.lcrestaurantes.com.br

Com 27 anos no mercado de refeições coletivas, desenvolvendo soluções inovadoras e personalizadas, com o objetivo de alcançar melhores resultados para as necessidades de seus clientes; a LC Restaurantes se diferencia pela sua excelência em atendimento e serviços de alimentação para empresas, hospitais, escolas, varejo e hotelaria marítima. Presente em oito Estados, como São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás, Pernambuco e Distrito Federal; a empresa conta com equipes altamente qualificadas para desenvolver projetos diferenciados. A LC possui o compromisso de atingir os melhores resultados para os seus clientes, garantindo utilização de metodologias e processos eficientes que resultam em projetos de alta qualidade e performance.

Dentre seus serviços, se destacam Restaurantes Corporativos LC Cores, Restaurante de Alta Gastronomia LC Essência, LC Conveniência, Cafeteria e outros.

Informações à imprensa

Flávia Vargas Ghiurghi – Tel. (11) 99716-2800 [email protected] [email protected]

Fonte: Flavia Vargas Ghiurghi – [email protected] em 22/08/2017.