novo

Tag Archives: degelo

2019 começa com recorde de degelo nos polos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

Os dados mostram que os níveis de degelo do início de 2019 na Antártida estão batendo todos os recordes históricos O ano de 2019 começa com recorde de degelo nos polos. Depois de cinco anos sucessivos (2014, 2015, 2016, 2017 e 2018) de recordes de temperaturas globais, fato sem precedentes no Holoceno (últimos 12 mil anos), a deglaciação cresce e tende a aumentar o nível dos oceanos, além de liberar o dióxido de carbono e o gás metano que estão … mais

Derretimento de geleira na Antártida é irreversível, aponta estudo

Em todo o mundo, o nível do mar pode subir até um centímetro nos próximos 20 anos em consequência do derretimento de uma única geleira na Antártida, a Pine Island. Ela é uma das maiores do continente gelado, é responsável por 20% do total de gelo na Artártida Ocidental. A informação [Retreat of Pine Island Glacier controlled by marine ice-sheet instability] foi publicada pelo Instituto de Pesquisas Glaciais e Geofísica da Universidade de Grenoble, na França, na revista Nature Climate … mais

Degelo na Antártica desencadearia um círculo vicioso que aumentaria o efeito estufa, dizem pesquisadores

A Antártica é a maior reserva de água doce da Terra. Seus 14,2 milhões de quilômetros quadrados – 1,6 vezes a extensão territorial do Brasil – são cobertos por uma capa de gelo de 2 quilômetros de espessura média. Além disso, tem as maiores reservas de gelo (90%) e água doce (70%) do planeta. Em seu estado sólido, essas reservas regulam o clima do Hemisfério Sul e distribuem umidade pelo planeta. Também resfriam a atmosfera e retiram carbono, metano e … mais

Mundo bateu recordes de emissões e perda de gelo em 2012; Brasil teve seca

A Terra perdeu uma quantidade recorde de gelo marinho no Ártico em 2012 e emitiu níveis elevados constantes de gases de efeito estufa resultantes da queima de combustíveis fósseis, alertaram climatologistas em um relatório divulgado nesta terça-feira (6). Enquanto isso, secas e chuvas incomuns atingiram diferentes partes do planeta no ano passado, tendo observada “a pior seca em pelo menos três décadas no nordeste do Brasil“, ressaltou o relatório sobre o Estado do Clima divulgado anualmente por cientistas britânicos e … mais

Temperatura do planeta avançou até 2°C em 2012, um dos dez mais quentes de toda a história

O ano de 2012 foi um dos dez mais quentes de toda a história. O alerta é da Organização Meteorológica Mundial (OMM), que hoje publica sua avaliação sobre a situação climática e o avanço do aquecimento global[Statement on the Status of the Global Climate]. Entre os destaques está o Nordeste brasileiro, que viveu em 2012 a pior seca em meio século. Foi uma das anomalias climáticas mais importantes do planeta no ano, que afetou 1,1 mil municípios, um quinto de todas as … mais

Aumento de 1,5º C na temperatura é suficiente para iniciar o derretimento do permafrost na Sibéria

Um aumento da temperatura global de 1,5º C seria suficiente para iniciar o derretimento do permafrost na Sibéria, alertaram os cientistas na última quinta-feira. Qualquer degelo generalizado no solo permanentemente congelado da Sibéria poderia ter severas consequências para as mudanças climáticas. O permafrost cobre cerca de 24% da superfície terrestre do hemisfério Norte, e um derretimento generalizado poderia, no fim, provocar a liberação de centenas de gigatoneladas de dióxido de carbono e metano, o que teria um maciço efeito de … mais

As geleiras do Equador desaparecerão em 70 anos no ritmo atual de degelo causado pelo aquecimento global.

Mudança climática acabará com as geleiras do Equador em 70 anos. As geleiras do Equador, que coroam vulcões de mais de 5.000 metros de altura, desaparecerão em 70 anos no ritmo atual de degelo causado pelo aquecimento global. Segundo especialistas, isto vai alterar o ecossistema e o volume de água para consumo humano. Uma situação similar acontece no Peru, na Bolívia e na Colômbia, que compartilham com o Equador as geleiras “tropicais” da América. Um deles é o Antisana, um … mais

O futuro do oceano Ártico entre a conservação e a exploração econômica.

Oceano Ártico, entre a ecologia e a exploração econômica – O oceano Ártico se tornou um campo de prospecção petrolífera e, no longo prazo, a navegação e a pesca podem ser desenvolvidas em suas águas, uma evolução com duras consequências ecológicas que precisa ser controlada, afirmam especialistas reunidos na terça-feira em Mônaco. O futuro do Ártico e a pesca predatória, além dos recursos genéticos e de mineração de suas profundezas, representam os novos desafios econômicos dos oceanos, que requerem uma … mais

Ártico registra recorde de degelo e aquece disputa internacional por gás, óleo e minérios.

Ambientalistas pedem preservação enquanto empresas estão de olho no gás, óleo e minérios no Polo Norte. Sobrevoando o Oceano Ártico, a sensação era de estar diante de um espelho gigante, estilhaçado em milhões de pedacinhos. Em vez de vidro, placas de gelo quebradas, resquícios dos últimos dias de verão, refletiam de forma descontínua os raios de sol. Vistos do alto, de um helicóptero, os pedaços, já frágeis, ocupavam quilômetros de mar, mas, a cada minuto, ondas engoliam mais um trecho … mais

Degelo do Ártico tem consequências ‘enormes’ para o planeta.

Degelo do Ártico traz enormes e misteriosas consequências – O degelo do Ártico tem consequências “enormes” para o planeta, como condições climáticas extremas, mas também “misteriosas”, como a possível liberação de grandes quantidades de metano, gás causador de efeito estufa mais nocivo para a atmosfera que o CO2, advertem especialistas. Na quarta-feira, a Universidade de Columbia e a organização ambientalista Greenpeace organizaram duas conferências em separado em Nova York para discutir as consequências do nível historicamente baixo da superfície de … mais