novo

Das funções do museu para a sociedade, artigo de Marcos Dias de Araújo

Um museu custa caro: são especialistas no tema da coleção, conservacionistas e museólogos, administradores, sistema de segurança, limpeza, sistema contra incêndio e roubos, marketing. Muitas vezes, o acervo está num prédio histórico que, de antigo, começa a ficar estragado a ponto de ameaçar a integridade do acervo. Aos custos com prédio e pessoal junta-se o custo de preservar e digitalizar o acervo, o que toma tempo e dinheiro. Poucas empresas brasileiras querem gastar seu dinheiro com museus – e quando … mais

Estudos ambientais na Amazônia devem estar integrados a questões socioeconômicas

A Amazônia está em transição. A alternância entre períodos de secas seguidos por cheias, uma das características principais da região, está mais espaçada. Estima-se que a cada década a temporada de estiagem ganhe 6,5 dias, ou um mês de seca a mais a cada 40 anos. Houve também o crescimento de 30% do fluxo do rio Amazonas, na altura da cidade paraense de Óbidos. A mudança ocorreu nos últimos 25 anos. A região amazônica também está mais quente, e não … mais

Duo Interarte se apresenta na Cidade das Artes, neste domingo, 30 de setembro

Formado pelo violoncelista Paulo Santoro e pelo violonista Cyro Delvizio, duo interpreta obras de Villa-Lobos, Jobim, Piazzolla, Bottesini e Barrios Um violoncelo, um violão e dois músicos interessados em desvendá-los musicalmente. Nesse espetáculo inédito, os dois instrumentos interagem, dançam, se imitam e entrelaçam. Ora perpassam standards de Villa-Lobos, Tom Jobim e Piazzolla (entre outros), ora os reinventam com novos arranjos. E as vezes até superam seus propósitos iniciais: em “Polichinelo” de Villa-Lobos, o violão (com a fricção de lixa de … mais

A florada do ipê e a rede social secreta da natureza, artigo de Marcia C. M. Marques

Em setembro, em várias regiões do Brasil, floresce o ipê, uma árvore de flores grandes e vistosas que embelezam as matas e cerrados, praças e ruas das cidades. Os galhos sem folhas contrastam com as inflorescências densas, nas quais milhares de flores se espremem para expor a beleza de seus estames e estigmas e, assim, atrair aves, abelhas, borboletas e outros insetos polinizadores que auxiliarão a produzir as sementes que serão dispersas pelo vento em alguns meses. É impossível não … mais

Gonzaguinha, o Eterno Aprendiz – O Musical

  A temporada no Teatro João Caetano encerra no próximo fim de semana, com 04 sessões: 6af e sábado 19h, domingo 18h e Sessão Extra no Sábado as 16h. GONZAGUINHA: O ETERNO APRENDIZ, é um espetáculo simples, que encanta e emociona a plateia com parte da biografia e 16 sucessos de Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior, o Gonzaguinha, filho adotivo do ‘rei do baião’ Luiz Gonzaga que, se vivo fosse, teria completado 73 anos, no ultimo sábado, dia 22/09. São … mais

Brasil tem a maior biodiversidade de árvores do mundo; Das 8 mil espécies encontradas no país, mais de 2 mil estão ameaçadas

Cerca de 14% das mais de 60 mil espécies de árvores catalogadas no mundo são encontrados no Brasil, o que dá ao país o título de detentor da maior biodiversidade de árvores do planeta. A informação é de um estudo desenvolvido em 2017 pela Botanical Gardens Conservation International com base nos dados de 500 jardins botânicos. Completando esse cenário, a Lista Nacional Oficial de Espécies da Flora Brasileira Ameaçadas de Extinção, feita pelo Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio … mais

Você sabia que crianças e adolescentes que passam mais tempo em espaços fechados e menos tempo ao ar livre correm um risco maior de desenvolver a miopia?

Estima-se que hoje as crianças passam mais de cinco horas vendo TV ou usando dispositivos eletrônicos em casa. Somando o período que elas passam na escola, podemos dizer que praticamente o tempo gasto em espaços abertos é mínimo. Porém, estudos recentes apontaram que a falta de exposição à luz solar é um fator de risco importante para o desenvolvimento da miopia ou para a progressão deste erro refrativo em quem já tem o diagnóstico. A explicação é que a exposição … mais

Furacão Florence e Tufão Mangkhut: a vulnerabilidade imposta pelo aquecimento global, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“É triste pensar que a natureza fala e que a humanidade não a ouve” Victor Hugo A ciência mostra que as tempestades são mais fortes em decorrência do aquecimento global Os furacões (que acontecem no Atlântico Norte e no Pacífico entre o Havaí e a costa oeste dos EUA), os Tufões (que acontecem no Pacífico entre o Havaí e o leste asiático) e os Ciclones que acontecem no hemisfério sul e no oceano índico) são fenômenos provocados pelo aquecimento da … mais

Artistas Multimídia moradores do subúrbio carioca são selecionados entre 378 artistas para desenvolver obra high-tech no ArtSonica Residência Artística

“Perspectivas do Helicóptero”, de Manaíra Carneiro, Victor Hugo Rodrigues e Mariane Martins É uma das dez propostas escolhidas num universo de 378 empresas brasileiras de produção cultural que se inscreveram na seleção do ArtSonica – Residência Artística, realizada pela Zucca Produções em parceria com Oi Futuro e Ministério da Cultura. O projeto, que nasceu na favela da Maré, propõe a realização de uma videoinstalação que dará ao público a experiência de observar por meio de óculos de realidade virtual duas … mais

A janela de oportunidade demográfica começou a se fechar mais cedo no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

Todo país que passa pela transição demográfica (redução de altas para baixas taxas de mortalidade e natalidade), passa também pela transição da estrutura etária, que é o processo de redução da base da pirâmide populacional, seguido do alargamento da parte central e, após algumas décadas, a expansão do topo da pirâmide. Quando a parte central da pirâmide engrossa significa que existe uma alta proporção de pessoas em idade de trabalhar e uma baixa proporção de pessoas em idades consideradas dependentes … mais